sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Volta ao trabalho ou quando o coração dói...

Tem como pular esse post???
Tem como não falar desse assunto???
Tem como viver de amor em uma cabana na beira da praia???

Tem não... então o jeito é preparar o coração e a cabeça para isso...
Tenho mais 7 semanas em casa com ela... volto ao trabalho em 5/11... data mais pior de ruim para conseguir creche... então marido que dá aula na universidade a noite vai ficar com ela durante o dia...ainda mais que ele pega férias inicio de dezembro e só retorna em fevereiro. Ele também dá aula nas sextas de manhã... ai eu vou dar um jeito de ficar com ela usando as horas para amamentação.
Ele também é envolvido com alguns projetos na faculdade, mas disse que consegue antecipar tudo para poder se dedicar 100% a ela.

Fiquei super mega hiper master feliz...
Primeiro porque ninguém melhor que eu ou ele para cuidar da picorruxa.
Segundo porque meio dia ele vai levar ela para eu ver e amamentar
Terceiro porque quando ela for para a creche ano que vem já vai ter praticamente 8 meses... bem mais fortinha do que agora.

O fato do marido ficar com ela faz a separação ser mais fácil???
Não.
Sofro só de pensar em cada sorriso que eu não vou ver... em cada hora de amamentar que não vou estar presente... em cada soninho que eu não vou embalar... em cada olhar dela que não encontrará meus olhos... maaaas eu sabia disso desde o início e acho de verdade que apesar de doída essa é a melhor escolha para mim e para ela.

E assim tocamos o barco para frente e simbora aproveitar essas ultimas 7 semaninhas.

Bjão e ótimo findi para todas.

13 comentários:

Simone Freitas disse...

Eu imagino o seu sofrimento pq mesmo que a Clarinha nem nasceu (mas chegará até o dia 28) esse é um pensamento que não sai nem da minha cabeça e nem do maridão.
Eu vi uma escolinha na esquina do meu trabalho e acho que será lá mesmo que vou colocá-la.

Só de pensar me deixa com dor no coração e agora pensa vc que são só 7 semanas... ainda bem que vcs tem essa opção dela ficar com o maridão, assim para ela a mudança será mais tranquila.

Ótimo fim de semana!

http://operacaobebedasi1.blogspot.com.br/

Máh disse...

Na verdade o fato do marido ficar com ela acalenta seu coração apenas e ainda bem que isso vai poder acontecer, afinal separação entre mãe e filho e MUITO difícil...
Que seu coraçõzinho suporte!
E vamos ao elogio: Maravilha de marido se dispor a ficar coma fofura... pessoa rara!! Sabemos que poucos tem essa postura! Parabéns para ele!!! E para vc por ele poder fazer parte da vida das duas mocinhas...
Bj

MARIA FERNANDA disse...

imagina eu que volto dia 1 de outubro???????????
pois é, eu digo que agente fica meses e meses com o bebe só nosso e depois tem que se separar dele... isso deveria ser proibido!
segunda feira ele já vai pra escolinha..... adaptação pra ele e pra mim tb.....

Ale Quejinho disse...

Eu sei como deve ser duro... Então resolvi não voltar. Vamos levar uma vida mais simples por enquanto, mas é só uma fase.
Mas se eu tivesse q optar por babá ou creche, eu iria preferir creche também. Melhor ainda se tiver camera.
Bjd

Ana Barbosa disse...

Nem me fala desse assunto.
Acho que é o terror de toda mãe...
Aqui até o papai esta com medo de voltar a trabalhar... Ele pegou uma folga de quase 20 dias... e volta dia 21... Todo dia ele sofre por isso...
Imagina como eu vou ficar!
Mas infelizmente isso faz parte e temos que superar! Até lá vou encher minha pequena de muito amor...
Força, viu! A dor deve ser graaande! :(
Mas pelo menos ela ficará com o pai, né?!

Yara disse...

Entao... Volto a trabalhar dia 20 de setembro. E tava toda triste de ter que deixar meu Felipe na escola e mimimimi buabua.

Ai veio o primeiro dia de adaptacao: entreguei o baby pra tia e ele sorriu pra ela. Veio recadinho na agenda: almocou super bem, brincou, nao chorou, mil elogios quanto a fofura e simpatia do moleque.

Segundo dia, mesma coisa. Terceiro e quarto dias tambem. Fechamos uma semana na escola e td tranquilo, so sucesso. Ele volta pra casa com uma carinha super boa, alegre, dorme bem, come bem. Entao acho que funcionou, ne? :0)

O negocio eh: escolher a escola, visitar e depois fazer um plantao na porta no horario da saida das criancas, tipo 18 hs, vc vai poder conversar com as maes cujos filhos estudam la... e nada melhor que essas conversas, da pra perguntar a real da escola, eh mto bom pra tranquilizar.

Outra coisa: todo mundo fala que escola eh ruim, que a gente soooofre e choooora e que cozinham nossos bebes em um caldeirao com rodelas de cenoura boiando. Tudo lenda minha gente... se a escola for boa, a crianca vai feliz, eh estimulada, tem alimentacao correta e o fato eh: filho feliz, mae feliz. Claro que da perto no peito deixar um bb de 5 meses na escola, mas tb da alegria ver ele gargalhando pra professora e da tranquilidade saber que vamos trabalhar pra garantir o futuro deles.

Val disse...

Não é fácil não, Morgana. Dói. Especiamente quando elas fazem algo e a gente não está lá pra ver. Mas é o caso de pelo menos se apegar ao fato de que são os pais que estão cuidando. Vc vai tirar o leite no trabalho ou vai dar leite artificial?

Beijão!

Andreia Cristina disse...

É sofrido mesmo, o coração fica apertadinho. Mas você vai participar de muita coisa, fica triste não.

Bj!

Regina Paixão por Artesanato disse...

Sou uma artesã me chamo Regina faço trabalhos em croche principalmente roupinhas de bebê como Toquinhas, acessórios em croche para bebezinhos roupinhas de variados tamanho dependi da cliente. Moro em Blumenau SC gostaria que conhecesse meus trabalhos deixo aqui meu site blog, onde gosto de publicar meus trabalhos
Estou a disposição
Regina Paixão por Artesanato
http://reginapaixaoporartesanato.blogspot.com/

Lu do Deninho disse...

Realmente é o pior momento de nossas vidas.....não há nada pior, a gente se sente um lixo em deixar nossa cria, pelo menos comigo foi assim.... mas claro que temos que ver o conjunto da obra e cada um sabe o que é melhor pra si e para seu baby !

.::Carol::. disse...

Poxa vida...fiquei triste por vc...mas a vida é assim né??! o coração vai ficar apertado, mas é preciso voltar ao trabalho...
Aproveite de montão essas semanas "integrais" que você ainda tem....
beijos

Pam disse...

Ai, tô nesse barco tbm, volto a trabalhar daqui alguns dias e já sofro por demais, como é difícil.

Rocio disse...

Coisas boas para escrever, a verdade que algumas vezes quando estou navegando na internet e eu começo a ver esse tipo de coisa me surpreendeu o nível que as pessoas seria bom encontrar alguém para fazer a delivery jardins de livros de poesia