terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Tão grande... e tão pequena... Parte 2

kkkkkk
Vcs são tão amigas, tão amigas que eu escrevo um post nada a ver com o título e vcs nem reclamam né???
rsrsrs

Na verdade este título era para fazer um protesto, mas fui escrevendo, escrevendo e acabei falando de outra coisa e só vi que o titulo estava errado depois...

Então vamos lá:

Como pode no mesmo dia vc ouvir:

- Nossa que barriguinha pequena... nem parece que está de 4 meses
- Meu Deus... Que barriga gigante... só 4 meses? Será que vc não errou na conta não???

Nessa hora eu paro tudo... pego a raquete de tenis que eu deixo escondida embaixo da minha mesa do escritório e começo a espancar as pessoas e dou risada!!!

3 comentários:

Leny disse...

Acabei de ler parte 1 e agora 2...amei o post e que bom que não sentiu os temidos enjoos...eu senti muito,muito mesmo mas já estou livre!
Isso da barriga é muito chato,na outra gravidez eu odiava quando perguntavam cadê?nem parece grávida,e de repente alguém diz "cuidado está grande demais"...aff...
Mas o que importa mesmo é sentir a maravilha do momento,sentir os chutes,ouvir o coraçãozinho...o que importa o tamanho da barriga quando o tamanho da felicidade cobre tudo não é!

Um abraço
que Deus continue te dando uma gravidez assim abençoada e feliz!

Nique disse...

Poxa, comigo foi sempre "que barriga pequena"... Teve gente que não viu a Vera depois que ela nasceu e pediu para eu mostrar o que é que tava lá dentro... Mas é uma menina super forte, saudável e agitaaaada!!! Completou um ano mês passado. Continuo aqui te acompanhando!! Um super abraço.

O Apê de Nós Dois! disse...

Eu sempre ouvi o primeiro comentário, mas agora no finalzinho nem acredtiei quando uma ciratura olhou a pançona aqui e disse: "nossa é pequininha sau barriga né, já tá de 9 meses?"
AAAAAAiii eu quero morrerrr!!!
Tem gente que num tão o que falar!!
bju