sexta-feira, 10 de junho de 2011

O futuro... o presente... e o passado!!!!


Musica para o baby:
"Avião sem asa... fogueira sem brasa...
Sou eu assim sem você" 
(Claudinho e Buchecha)



O FUTURO
Este vai ser o primeiro mês de tentativas... Será que eu consigo já de cara??? (De cara não amiga... você vai ter que usar outra coisa para conseguir!!! kkk)
Ah... Alguem já ouviu falar do Projeto Acalanto??? Vale a pena visitar o site e dar uma olhadinha... É um projeto de músicas durante a gestação... As músicas são lindas e algumas você pode ouvir no site mesmo!!!


O PRESENTE
Tentar, esperar, acreditar...

O PASSADO:

Encontrei entre as minhas coisas um texto que eu escrevi a mão 3 semanas depois da curetagem, digitei para dividir com vocês:
"Se teve uma coisa que o aborto me ensinou foi ter fé. Reaprendi a rezar, a pedir e agradecer, a colocar minha vida e meu destino nas mãos de Deus. As vezes tenho a impressão que o luto do meu coração será eterno. O que eu sinto é uma dor seca e ácida, só minha. Sei que os que me rodeiam compartilham desta dor mas eles não sentiram a doce e intensa sensação de carregar aquela preciosa vida... então não sei se vivem o mesmo vazio que eu enfrento.
Hoje eu peço acalento... paciencia... fé... força e um futuro bom...
Logo logo fará um mês desde a curetagem e então eu percebo que apesar de vagarosamente, o tempo passa. O que tem me amargurado além da espera é a incerteza do que está por vir. "Serás" povoam a minha cabeça... Será que vou conseguir engravidar novamente? Será que vai demorar? Será que da próxima vez será uma gravidez completa? (Não digo perfeita porque esta que eu tive apesar de curta foi perfeita enquanto durou). A gravidez me trouxe o desejo de ser melhor, de fazer o bem... me despertou um amor grande a ponto de me fazer ter certeza que eu abriria mão de qualquer coisa para o bem do nosso pequeno.
Agora ficou o vazio, os porques, a saudade... e que saudade!!! A natureza ao mesmo tempo que é sábia, é cruel com os que sofrem... Não sinto mais sono... meus seios drasticamente desincharam, a linha da minha barriga se apaga a cada dia, aquela dorzinha de "utero crescendo" sumiu... ficaram só as lembranças e a vontade de viver essa experiência novamente... tão logo quanto Deus permita...
Os dias aos poucos vão recuperando o sentido e sinto que aos poucos meu sorriso deixa de ser máscara. Cada dia uma batalha.. .cada dia uma vitória...
Tenho certeza que eu não teria conseguido sem o maridão. Ele me aponta incansavelmente o norte, ele sem cansar me puxa para os trilhos quando por inúmeras vezes eu me afasto dele, ele me encoraja a prosseguir mas aceita quando eu fraquejo.
Rezo para que possamos virar essa página e que a próxima página branca nos permita sonhar e pintar um belo futuro para o bebê que tanto desejamos.
Quero novamente ver o brilho bobo nos olhos do maridão, quero novamente me sentir completa, quero esperar minha barriga crescer, quero e quero tanto..."

Triste ne?? Ainda bem que o tempo passa... e que nao deixaram  uma corda, gilete ou grafite 0.5 perto de mim ...

Bjokas enormes a todas que passam por aqui... Maior ainda para as que comentam!!! (kkkk)
Vcs fazem meu mundo mais feliz!!!

UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA A TODAS!!!!






12 comentários:

bárbara d'arc disse...

Amiga tô ficando com dó do seu marido,mais vale a pena.Eu sei bem o que esse seu PRESENTE cada vez que a monstrenga resolve aparecer passo por isso e uhoo.Graças a Deus que não tinha nenhum desses teriveis objetos por perto,pois ai não teriamos a oportunidade de te conhecer,mesmos sem saber seu nome e ver seu rosto e poder dar boas risadas com cada novo post.

Josinete Beatriz disse...

Já tô seguindo Doce Espera e vim deixar um grande beijo! Josi

Roberta disse...

Oi...
Amo essa música, quando voltei a trabalhar, logo no primeiro dia sem a cria, houve uma dinamica com a músicae eu me pus a chorar na parte "...Eu não existo sem você..." As minhas colegas de trabalho ficaram estaticas... tadinhas rsrsrs

Amei os comentários no blog e claro adorei seu blog e estou seguindo!!!

Bjs

Maíra Venzo disse...

Oi Flor,
Retribuindo sua visitinha la no blog!!!Ainda nao consegui ler todos os seus posts, mas eu relato no meu um pouquinho dessa vida de tentante!!Tentamos por dois anos ate a chegada de nossa princesa!!!E te digo tudo valeu a pena viu!!E e isso mesmo, nada de esperar dia fertil nao, aqui em casa era dia sim e dia nao tbm hehehehehe!!!Vou ficar torcendo por vcs!!!
Beijocas

Lívia disse...

Oiii,obrigada pelos comentários no meu blog.Nunca desista,sei o que está passando,sonhei em ser mãe durante 8 anos e me cobrava dia a dia por esta conquista.Tive que fazer FIV,mas hoje sou realizada com meus gêmeos.Você vai conseguir também,tenha FÉ em Deus.Bjs!

Fava Azul disse...

Olá...
Obrigada pela visita no meu blog e pelos comentários...
Acabei vindo parar no teu e procurado um pouco da tua história, que infelizmente já passou por um momento triste mas o final será feliz com certeza...

Te desejo tudo de bom e que sua estrelinha brilhe rápido...

até breve

http://embuscadeumpositivo.blogspot.com/

Renata disse...

Texto triste e lindo!!! Boa sorte nas tentantivas!!!!!!
Bjs

Camila Guimaraes disse...

Amada! Sua Doce Espera muito em breve se tornará uma AlegriaPresente!
Há um Deus e Ele é Fiel, Amoroso e Poderoso para nos dar muito mais além do que pedimos ou pensamos. E um coração de mãe cheio de amor e carinho para dar, Ele não desprezará.
Obg pelo seu comentario em meu blog (Enjoy Baby).
Abraço carinhoso

Milamerlini disse...

Boa sorte nas tentativas!!!! Bjusss

Claudia Martins disse...

Triste, mas lindo ao mesmo tempo.
Esses "serás?" machucam, mas nos transformam também.
Aprendemos a dar valor a coisas pequeninas, e a acreditar mais em Deus.
Você vai vencer com certeza.
Bjs.

Nucy disse...

Texto muuuuuuuuuuito belo!
É muito bom vir te visitar, pois além de coisitas engraçadas, vc tem um "q" que nos encanta com suas palavras...
xerim e fica com Deus!

Vivi disse...

Olá....
vim aki dizer que estou na torcida por vc... tb passei a dor de uma perda.... é horrivel....



Fik dom Deus

bjus